Categorias

EVENTOS Verônica Sabino e Luis Filipe de Lima interpretam Martinho da Vila

Serviço:
20 de fevereiro de 2019
Quarta | 20h
Teatro da UFF
Rua Miguel de Frias 9, Icaraí, Niterói – RJ
Ingressos: R$ 50 (inteira) / R$ 25 (meia entrada)
Classificação: Livre

 

Para comemorar os 80 anos de Martinho da Vila, a cantora Verônica Sabino se uniu ao produtor musical Luis Filipe de Lima para, juntos, celebrarem a obra deste artista que tão bem traduz a brasilidade. O percussionista Marcos Suzano é convidado do projeto.

Luis Filipe de Lima e Verônica Sabino passam em revista a vasta obra de Martinho da Vila, destacando a força expressiva das canções sintonizadas com a cena musical contemporânea.  Para isso, recontextualizar o vasto repertório de sucessos – DisritmiaDevagar devagarinhoCanta, canta minha gente, para citar alguns… – por meio de uma ambiência musical onde a sonoridade dos arranjos e da interpretação poético/melódica estabelece uma conversa entre tradição e modernidade.

O roteiro celebra as vertentes que se manifestam no universo musical de Martinho da Vila, do samba exaltação à negritude, da lusofonia ao cronista de costumes, trazendo também sua maneira particular de moldar a temática amorosa para suas canções.

Com isso, são mantidas as referências estético-musicais a partir do diálogo artístico de Luis Filipe e Verônica. Junte-se a isso a união dos talentos reunidos, artistas vinculados tanto à estética do samba quanto vinculados à estética da MPB contemporânea, e assim desnudam os sambas de Martinho, recontextualizados em seu universo sonoro mas num cenário contemporâneo. A poesia das canções, com seus caminhos melódicos e harmônicos, ganham nova dimensão em novos arranjos e interpretações.

O resultado revela-se em leitura inédita e pessoal, onde se reverencia o que é próprio do samba castiço de raiz com a cena musical contemporânea. Neste novo olhar, a obra musical de Martinho da Vila ganha contexto original, mantendo referências e belezas. Dessa maneira, amplia-se seu espectro de abrangência em um roteiro de pura ginga, puro Brasil.