fbpx
Acesse nossas Mídias

Agenda

Maurício Brandão apresenta o Show: Chamar o Vento

Compartilhe

Flyer - Mauricio BrandãoLocal: Teatro Municipal de Niterói
Dia: 07 de agosto de 2014
Horário: 19h
Inteira: R$40,00  Meia: R$20,00
Ingressos à venda na bilheteria do teatro ou pela Ingresso.com
Classificação: Livre
Informações: 21 2620-1624

Em homenagem ao centenário de Dorival Caymmi, Maurício Brandão apresenta o Show: “Chamar o Vento”, juntando um repertório profundo, que traz à tona a genialidade do homem que nasceu com alma de pescador e música à flor da pele.

“Chamar o Vento” é um show preparado para surpreender os amantes da música que sempre deixa um cheiro de mar no ar. No dia 7 de agosto de 2014, quinta-feira, às 19h, Maurício Brandão vai “Chamar o Vento” no projeto Palco Aberto do Teatro Municipal de Niterói. O cantor, que representa o sul de Minas Gerais, pede licença a Dorival Caymmi e o homenageia no show, onde mostra toda a genialidade baiana.

 

Cantor e compositor mineiro, Maurício Brandão, artista com vasta experiência, foi integrante do “Grupo Imbuia” o qual teve importante representatividade no cenário da música independente mineira na década de 80 encabeçando movimento musical do Sul de Minas juntamente com grandes nomes como Dércio Marques, Ivan Vilela, o poeta Gildes Bezerra dentre outros.

Ainda na década de 80, foi baixista e arranjador do compositor paulista Walter Franco, na turnê de seu show “Vela Aberta”. Quando morou em São Paulo, também fez participações em espetáculos do saudoso Itamar Assunção. Na década de 90, foi fundador, vocalista e compositor da Banda “Toque de Midas” tendo sido a primeira e única banda independente a ser indicada para o Prêmio Sharp de melhor álbum Pop Rock de 1996 (Atual Prêmio Multi Show), concorrendo com “Barão Vermelho” e “Paralamas do Sucesso”.

Com o lançamento de seu último trabalho autoral e solo, que leva o título de “É Isso…”, Maurício Brandão apresenta um resultado extremamente amadurecido com fulcro na MPB, transitando pelas mais variadas vertentes de ritmos e melodias, apurado com profunda performance técnica aliada a uma originalidade ímpar, e chama a atenção do mestre Milton Nascimento, que brinda o trabalho com uma participação histórica na faixa “Aboio”.

 


Compartilhe
Continuar Lendo
Comentários

Mais Agenda

Topo
Precisa de ajuda?