Categorias
NOVIDADES

ÚLTIMAS NOTÍCIAS Prefeitura de Niterói prevê passar no dia 22 ao estágio Amarelo 2 da flexibilização

Foto: Site Uol

A Prefeitura de Niterói prevê passar no dia 22 de junho ao estágio Amarelo 2 (Alerta Máximo) na sinalização de cores que dita as regras de flexibilização das atividades na cidade. Atualmente, Niterói se encontra no estágio Laranja (Atenção Máxima).

Na última terça-feira (9) foram publicadas no Diário Oficial as tabelas com os parâmetros da sinalização das cores da flexibilização atualizadas. Os clubes, por exemplo, agora poderão retomar as atividades com metade do quadro funcional. A ocupação de sua área continua sendo 50%.

As academias, que estavam previstas para reabrir no nível Amarelo 2 com 25% de sua capacidade, agora só poderão retomar as atividades quando a cidade passar ao estágio Amarelo 1 e com 50% de ocupação. O Presidente do Clube Central de Icaraí, José Roberto Leite Lima, em entrevista ao jornal O Globo destacou que a única preocupação é reabrir com condições sanitárias adequadas:

“A prefeitura tem cumprido um papel essencial para proteger as vidas da cidade e para defender também os clubes da cidade. A princípio, foi indicado que a reabertura ocorre na semana que vem (do dia 22), com diversos cuidados e restrições exigidas pela Secretaria de Saúde. Mas para isso precisaremos ter informações sobre a evolução da pandemia e contar também com o apoio técnico da prefeitura para garantir a saúde dos nossos sócios e funcionários”, conta José Roberto.

Como medida para controlar o aumento da covid-19, a Prefeitura de Niterói antecipou os feriados de São João (24 de junho) e o aniversário da cidade (22 de novembro) para os dias 15 e 16 de junho. Segundo a medida, a partir de 2021 o aniversário da cidade não será considerado feriado.

De acordo com o último boletim divulgado pela Prefeitura de Niterói, a cidade registra atualmente 3817 casos confirmados da covid-19, 2258 pessoas curadas, 982 em quarentena em suas residências, 124 hospitalizadas confirmadas com a doença e infelizmente e 153 óbitos.

Fonte: Jornal O Globo