Categorias

A experiência da introdução do VAR na Primera divisão espanhola

O recente e ainda controverso sistema de Videoárbitro (VAR) já está sendo utilizado no futebol de campo espanhol. Vamos fazer uma breve revisão dos resultados desta prática na Primera divisão, confira os resultados em fscore.br.com sempre atualizados da [ultima hora.

O chefe do comitê dos árbitros da Espanha elogiou, nesta terça-feira, o uso de VAR na La Liga por reduzir significativamente o número de erros, enquanto reconhece que é necessário garantir o  usem dos mesmos critérios por todos os árbitros.

“No geral, foi muito positivo e estamos satisfeitos com o desempenho dos árbitros, as decisões corretas e a integração do VAR”, disse Carlos Velasco Carballo, em uma entrevista coletiva.

“A essência do futebol não foi prejudicada, o número de intervenções e o tempo de revisão preservaram a fluidez do jogo. Mas ainda precisamos trabalhar na prevenção do Fscore: jogo de futebol agressivo e melhorar os critérios unificadores”.

O comitê dos árbitros da Espanha afirma que a margem de erro foi reduzida para 4,79% graças ao sistema VAR

É interessante a porcentagem, porém quantos erros de arbitragem conseguiu poupar La Liga?

Assim, Velasco Carballo disse que a tecnologia foi consultada 30 vezes para determinar se a marcação dos goles deve ser mantida, levando a  que 5 gols foram cancelados e 15 confirmados.

Quatro cartões vermelhos também foram apresentadas posteriormente, depois que a tecnologia fora consultada, acrescentou ele, enquanto admitia que cinco jogadores escaparam de cartões vermelhos devido a erros de arbitragem.

A análise da La Liga mostra que eles registraram:

  • 397 incidentes na caixa de penalidade; daí as penalidades foram concedidas em 56 jogos,
  • 26 erros foram cometidos,  19 deles foram corrigidos pelo VAR.
  • Assim, a margem de erro foi reduzida para 4,79% graças ao VAR.

“O nosso objetivo é ter zero erros e, para que isso aconteça, os árbitros devem melhorar sua produtividade usando o assistente de vídeo”, acrescentou Velasco Carballo.

Em linhas gerais, os treinadores e jogadores levaram a bem o uso do VAR, embora tenha sido questionado após as decisões controversas na derrota do Real Madrid pela Real Sociedad e na vitória do Atlético de Madrid sobre o Levante.

È importante lembrar que o protocolo diz que a tecnologia, introduzida pela primeira vez na Primera Liga da Espanha no início desta temporada, só deve ser consultada quando um árbitro cometer um erro claro.

“O árbitro nunca pede VAR quando está em dúvida, deve oficiar como se não existisse. Ele só vai ao monitor em jogadas subjetivas”, disse Carlos Clos Gomez, diretor da VAR.

“O árbitro pode aceitar as recomendações do VAR ou verificar a jogada na tela. A adaptação do VAR na Espanha foi positiva e rápida. Mas temos que continuar trabalhando na unificação dos critérios, tanto no campo quanto no estúdio VAR.”

Leave a Comment

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>