Categorias
NOVIDADES

ÚLTIMAS NOTÍCIAS Supermercados terão horário especial para atendimento a idosos

A Prefeitura de Niterói vai publicar no Diário Oficial desta sexta-feira (03) um decreto com novas regras para o funcionamento de mercados e supermercados em Niterói, que entrarão em vigor a partir de segunda-feira (06). A principal diz respeito a criação de um horário especial de atendimento para idosos. Desde o horário de abertura até as 10h será permitida apenas a entrada de pessoas acima de 60 anos.

“O objetivo é reduzir a possibilidade de contaminação dos nossos idosos, que são o maior grupo de risco em relação à taxa de mortalidade do coronavírus”, afirmou o prefeito Rodrigo Neves, em pronunciamento ao vivo nas redes sociais da Prefeitura.

Também será obrigatória a higienização prévia do estabelecimento, antes da abertura ao público. E serão criadas normas para diminuir as filas nos caixas, para que não ocorra aglomeração.

O prefeito lembrou ainda que a janela de uma semana para o funcionamento de lojas de materiais de construção e oficinas mecânicas se encerra nesta sexta-feira (03), e os estabelecimentos não poderão ser reabertos a partir de sábado.

Número de casos

Niterói tem hoje 63 casos confirmados, dos quais 17 estão hospitalizados sendo 10 em UTI, e 22 em isolamento domiciliar. Existem, até o momento, 23 curados e um morto.

A maior parte dos casos está concentrada na Zona Sul. Porém, já há casos confirmados em todos os bairros de Niterói. São 32 casos em Icaraí, 5 em Santa Rosa, um caso no Bairro de Fátima, um no Badu, três no Barreto, um em Camboinhas, 2 no Centro, 3 em Charitas, 3 na Engenhoca, 1 no Fonseca, 1 no Ingá, 4 em Itaipu, 1 em Maria Paula, 1 em Pendotiba, 1 em Piratininga, 1 em São Domingos e 2 no Vital Brazil.

Restrições de acesso

O prefeito lembrou que no próximo sábado (04) entram em vigor as novas medidas de restrição de circulação nas ruas de Niterói. A frota de ônibus intermunicipais que entram na cidade será reduzida a 30% do tráfego normal, táxis de outros municípios não poderão circular na cidade, a menos que estejam transportando cidadãos niteroienses, e vans também terão sua frota diária reduzida.