Categorias

STJ nega liberdade a Rodrigo Neves, prefeito de Niterói ​

Rodrigo Neves é acusado de ter desviado mais de R$ 10 milhões da verba de transporte.

O ministro Rogério Schietti Cruz do Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou o pedido de liberdade do prefeito de Niterói, Rodrigo Neves (PDT-RJ). Ele rejeitou nesta quarta-feira (19/12) o habeas corpus apresentado pela defesa. Rodrigo Neves foi preso na semana passada em uma operação da Polícia Civil e do Ministério Público Estadual do Rio que investiga um esquema que envolvia o pagamento de propina por empresários do setor de transportes a agentes públicos da cidade.

Entre os anos de 2014 e 2018, teriam sido desviados aproximadamente R$ 10,9 milhões dos cofres públicos para pagamentos ilegais, de acordo com o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ). A operação foi batizada de Alameda baseada em colaboração premiada do ex-dirigente da Fetranspor Marcelo Traça e cumpriu outros três mandados de prisão e 19 de busca e apreensão. Traça também foi denunciado pelo MP. Os cinco vão responder por peculato e corrupção ativa e passiva. Neves nega as acusações.

Acompanhe e participe de tudo que acontece em Niterói no grupo Niterói ALERTA.

Acesse www.facebook.com/groups/niteroialerta