Categorias
NOVIDADES

Red Balloon em campanha pela Pestalozzi de Niterói

Red Balloon em campanha pela Pestalozzi de Niterói

A escola de inglês Red Balloon está em campanha, de 1º a 24 de fevereiro, para arrecadar material escolar e livros de literatura ou didático infanto-juvenil. O material recolhido – entre cadernos, lápis, canetas, estojos, borrachas, mochilas e livros – será destinado à escola básica da Associação Pestalozzi de Niterói, que atende a cerca de 150 crianças e adolescentes com deficiência intelectual e distúrbio do desenvolvimento. A unidade da Red Balloon de Icaraí receberá as doações, não só de alunos da escola, como também de moradores da cidade, em geral. O material pode ser usado, mas deve estar em bom estado. Para participar da campanha, basta entregar a doação, de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h, na unidade da Red Balloon de Icaraí.

Endereço: A filial Icaraí da Red Balloon fica na Avenida Sete de Setembro 143, Niterói. Mais informações: 3603-3602

Sobre a Red Balloon: com mais de 45 anos de tradição, a Red Balloon é uma escola especializada no ensino de inglês para crianças a partir de três anos. Com metodologia própria que acompanha o desenvolvimento infantil, a Red Balloon não só ensina o idioma, mas também proporciona situações para que os alunos socializem em inglês através de atividades extras como culinária, teatro e concursos de soletramento. Com carga horária de quatro horas semanais, a Red Balloon também prepara seus alunos para os exames internacionais de Cambridge, conhecimento que garante acesso a empresas e universidades do Brasil e do mundo, chegando a um índice de mais de 90% de aprovação.

Sobre a Pestalozzi: Fundada em 1948, a Associação Pestalozzi de Niterói é reconhecida pelo Ministério da Saúde como Centro Especializado em Reabilitação (CER), atendendo pessoas com deficiência física e intelectual em diferentes campos de atuação. A sua escola especializada não conta com nenhum tipo de financiamento público, sendo mantida exclusivamente pela instituição e por doações. Para conhecer um pouco mais do trabalho acesse www.pestalozzi.org.br