Categorias
NOVIDADES

Projeto “Águas Limpas” na Baía de Guanabara

barcoPor Ana Carolina Aldighieri ([email protected])

Por uma Baía de Guanabara mais saudável

A esperança de ver a Baía de Guanabara limpa, ainda existe e é mais possível do que se pensa. Com a confirmação do Rio de Janeiro como cidade olímpica em 2016, regatas de avaliação e de preparação foram iniciadas. Com isso, também foram evidenciadas mais ainda a problemática do lixo no local.

Além do âmbito natural, isso acarreta em prejuízos no transporte de passageiros, no perigo de acidentes marítimos, na insalubridade ou no simples constrangimento geral numa cidade turística que pretende melhorar ainda mais a sua imagem durante a maior competição esportiva do mundo.

Com essa premissa, surgiu o projeto “Águas Limpas”, uma ideia experimental para ações de retirada direta de lixo flutuante das enseadas de Jurujuba, Charitas e São Francisco, somadas a atividades de sensibilização ambiental sobre as questões dos resíduos em geral.  A atividade é realizada por ex–alunos do Projeto Grael e é patrocinada pela Águas de Niterói. A iniciativa conta com a parceria do Ministério Público do Rio de Janeiro e apoio do Clube Naval de Charitas e da Companhia de Limpza de Niterói – CLIN – que dá destino ao lixo recolhido.

Para a retirada do lixo no mar, é usada uma embarcação que possui um sistema de sucção que puxa o lixo da superfície da água para uma caçamba com a capacidade de 500 kg. O barco conta ainda com outros equipamentos para retirada do lixo, como um puçá. Veja na na imagem.
bg

Além de retirar o lixo o projeto contribui para conscientizar a todos sobre a importância sobre o destino correto dos resíduos que produzimos diariamente. A sujeira prejudica a reprodução de peixes, fonte de renda para grande parte da população de Jurujuba. Devemos ter atenção na prevenção, controle e retirada do lixo flutuante.

Recicle seu lixo, conscientize seus familiares e vizinhos, ajude a Baía de Guanabara ficar mais limpa.