Categorias
NOVIDADES

SEUS DIREITOS Ônibus podem parar por falta de combustível

A greve dos caminhoneiros provoca falta de combustíveis em várias cidades do Estado do Rio de Janeiro. O diesel não chegou às garagens de ônibus, e motoristas enfrentaram filas em vários postos na madrugada desta quarta-feira (23). Às 6h53, caminhoneiros chegaram a bloquear quatro faixas da Avenida Brasil, no trecho entre Jardim América e Parada de Lucas, em direção ao Centro do Rio, interrompendo totalmente o trânsito.

As empresas de ônibus podem parar por falta de combustível. Uma nota divulgada pela Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Rio (Fetranspor) divulgou uma nota oficial alertando para o risco. Segundo o texto, o funcionamento já estaria limitado, já que o bloqueio montado em alguns pontos estratégicos estaria impedindo a renovação do estoque de óleo diesel.

De acordo com a Fetranspor, muitas empresas já estão racionando o estoque de combustível, que na maioria das vezes é renovado diariamente. Por conta dos boloqueios montados em rodovias e terminais de distribuição impede a reposição. Segundo a Federação, passageiros já estão sofrendo com a limitação das operações, já que o racionamento foi a medida escolhida emergencialmente até o fim das manifestações. Se isso não ocorrer a curto prazo, há o risco de paralisação de todas as empresas.

A crescente oscilação do preço do óleo diesel é um fator que preocupa, também, o setor de transporte público. Nos últimos 15 meses, a variação do combustível chegou próximo a 20%, o que vem pressionando os custos operacionais do setor de ônibus.