Categorias
NOVIDADES

NOTÍCIAS Niterói com 42 mil pessoas testadas para covid-19

Foto: A Tribuna

A Prefeitura de Niterói atingiu a marca de 42 mil pessoas testadas para detectar a infecção pelo coronavírus. O trabalho de testagem começou em março, quando foram detectados os primeiros casos da doença na cidade. O número de pontos de testagem foi ampliado gradativamente e, atualmente, são mais de 50 locais. Há inclusive a opção pelo sistema drive-thru, onde a pessoa não precisa sair do carro, em três regiões estratégicas da cidade.

A testagem rápida da população é uma das principais ações na área de saúde para salvar vidas e achatar a curva de transmissão do novo coronavírus, ao lado da ampliação da retaguarda de saúde, com o aumento do número de leitos clínicos e de UTI. Os testes em massa colocam o município num patamar semelhante ao de países que tiveram sucesso no combate à Covid-19, como Alemanha e Coreia do Sul. Em pronunciamento nas redes sociais o prefeito Rodrigo Neves ressaltou a importância da testagem dentro do Plano de Transição Gradual para um Novo Normal.

“Niterói está realizando testes em uma proporção que é 10 vezes maior do que a feita na cidade do Rio, e 20 vezes maior do que a média de testes no país. É uma ação fundamental para que se tenha uma indicação precisa do estágio da pandemia nas várias regiões do município, orientando as ações de vigilância epidemiológica”, afirmou o prefeito.

Ele ressaltou ainda que, no momento da implantação do Plano de Transição Gradual para um Novo Normal, em 21 de maio, o indicador-síntese, que leva em consideração dados como número de leitos disponíveis e casos confirmados e óbitos, era de 14,88, o que permitiu a transição para o estágio laranja. Um mês depois, em 21 de junho, esse índice havia recuado para 7,63. E o indicador continuou em queda mesmo com a entrada no estágio Amarelo 2, com a retomada de outras atividades econômicas em Niterói.

“Graças ao cumprimento dos protocolos e ao respeito às regras pela população e pelo comércio, houve uma redução constante no número de casos. Em 3 julho, o índice estava em 7,13. Atualmente, está em 6.13, mesmo com novas medidas, como abertura de parques, comércio e shoppings”, explicou Rodrigo Neves.