fbpx
Acesse nossas Mídias
BEA_2240

Notícias

Emusa dá início à elaboração do projeto do trecho norte da Avenida Marquês de Paraná

Compartilhe

Intervenção faz parte do pacote Centro 450, que inclui obras de revitalização para a região

Mais um passo na modernização e revitalização do Centro de Niterói. A Empresa Municipal de Moradia, Urbanização e Saneamento (Emusa) vai dar início à elaboração do projeto de reurbanização da Avenida Marquês do Paraná no trecho norte (entre a Av. Ernani do Amaral Peixoto e a Rua Marechal Deodoro) e Avenida Jansen de Melo, incluindo imediações da Praça Renascença.

A empresa responsável pelo projeto fará o levantamento topográfico, sondagem, estudos de drenagem, pavimentação, urbanismo, sinalização e iluminação, assim como o orçamento para a futura execução das obras.

A previsão é concluir o projeto em fevereiro de 2023.

A intervenção faz parte do pacote Centro 450, que inclui, até 2024, obras de revitalização que vão mudar a paisagem do local.

Entre as mudanças estão previstas obras na Av. Amaral Peixoto e Rua da Conceição, além da transformação da Concha Acústica em um polo esportivo e as melhorias na Praça Arariboia. O investimento é de cerca de R$ 400 milhões.

Projeto premiado

O secretário Municipal de Urbanismo e Mobilidade, Renato Barandier, lembra que o projeto de requalificação do trecho Norte da Av. Marquês de Paraná e da Rua Jansen de Mello foi premiado pelo Instituto de Arquitetos do Brasil, em 2020, na categoria Urbanismo.

Segundo ele, o projeto é uma nova porta de entrada na cidade e vai incluir ciclovia segregada, passeios, rampas de acessibilidade, calçadas lisas, iluminação de led e novo paisagismo e vai abranger o trecho até a Praça Renascença.

“Com isso, vamos fazer uma conexão importante no sistema cicloviário da cidade, interligando a rede cicloviária da Região Norte, por meio da ciclovia existente na Rua São Lourenço, com a Av. Amaral Peixoto, à parte já entregue do Trecho Sul da Av. Marquês de Paraná que segue até Icaraí. Ou seja, vamos interligar toda malha cicloviária, da Região Norte até o Centro e dali à Zona Sul. Esse projeto também vai criar a terceira faixa, na chegada da Praça Renascença nas duas primeiras quadras, onde fica o supermercado que já doou o recuo para o alargamento da primeira quadra e depois a segunda, que será no trecho próximo ao 12⁰ Batalhão, melhorando a mobilidade de quem vem da Região Norte em direção ao Centro”, detalhou.

Plano Niterói 450

A Prefeitura de Niterói lançou, em fevereiro deste ano, o Plano Niterói 450, que prevê 2 bilhões de reais em investimentos na cidade entre 2022 e 2024.

O mote é ampliar e qualificar os serviços prestados à população niteroiense, marcando os 450 anos de fundação da cidade, comemorados em 2023.

A expectativa é que o município tenha o maior volume de obras de sua história, com investimentos divididos em seis eixos: Saúde, Educação, Centro, Zona Norte, Sustentabilidade e Clima e Resiliência.


Fotos: Bruno Eduardo Alves

Compartilhe
Continuar Lendo
Comentários

Mais Notícias

Topo
Precisa de ajuda?