Categorias
NOVIDADES

CINEMA Cine Art UFF programação 9 a 15 de Junho

Ingressos
Inteira – R$ 12,00 | Meia – R$ 6,00 (exceto segundas-feiras)
Segunda-feira – Promoção “Meia-entrada para todos” – R$ 4,00

Rua Miguel de Frias 9
Icaraí Niterói RJ
(21) 3674-7511 | 3674-7512

Na quinta-feira, 9, teremos uma programação especial, com a abertura do Festival Varilux de Cinema Francês, o Projeto Cinemas em Rede e a pré-estreia de Paulina.
De 9 a 22 de junho, o Cine Arte UFF passa a integrar o Festival Varilux de Cinema Francês 2016.  Serão exibidos 15 filmes inéditos, de diversos gêneros e estilos, todos produzidos entre 2015 e 2016, mais um clássico do cinema francês. Na abertura, no dia 9, às 17h30, teremos um bate-papo com Philippe Le Guay, após a exibição de seu mais recente filme, Flórida, às 15h30. O clássico Um homem, uma mulher, de Claude Lelouch, homenageado em função do seu 50º aniversário de lançamento, será exibido do dia 19, domingo, às 18h30. Também haverá uma sessão para escolas com a animação Abril e o Mundo Extraordinário, de Franck Ekinci e Christian Desmares, no dia 14 de abril, às 9h30.O Festival Varilux de Cinema Francês já se consolidou como o maior festival do país em termos de abrangência, chegando a 90 cinemas em 50 cidades, trazendo a produção mais recente do país europeu, além de oficinas, sessões educativas e a presença de atores, diretores e roteiristas.

Às 19h, teremos a sessão mensal do Projeto Cinemas em Rede, que apresentará o longa Invasores, de Marcelo Toledo e Paolo Gregori. O filme aborda as disparidades sociais em uma grande cidade, no caso, São Paulo, e as possibilidades de ocupação dos espaços pela periferia. Como pano de fundo, a arte, na forma de música clássica, que a personagem principal, Claudia (Emanuela Fontes), jovem de origem boliviana, pratica como forma de resistência e ascensão social. Cinemas em Rede é um projeto inovador de compartilhamento e difusão de conteúdos audiovisuais, pela internet de alta capacidade, coordenado pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa- RNP em parceria com os Ministérios da Cultura (MinC) e Ciência, Tecnologia e Inovação e Comunicações (MCTIC) e doze instituições públicas.Por fim, às 21h, haverá a pré-estreia de Paulina, de Santiago Mitre. O drama argentino, que recebeu o Grande Prêmio da Semana da Crítica no Festival de Cannes 2015 e Melhor Atriz no Prêmio Fênix 2015, fala de miséria e violência no interior da Argentina, onde uma jovem advogada tenta superar a dor do estupro e entender o contexto social e político que levou seus agressores a agirem como agem e como as instituições colaboram para a manutenção do status quo.

De 09 a 15, além do Festival Varilux de Cinema Francês, continuam em cartaz Nise, o coração da loucura, de Roberto Berliner, com Glória Pires no papel de Nise da Silveira, em sua sexta semana em cartaz, e  A assassina, do taiwanês Hou Hsiao-Hsien, que recebeu o prêmio de melhor diretor no Festival de Cannes 2015.