Categorias
NOVIDADES

NOTÍCIAS Assaltos a pedestres aumentam 72% em Niterói

Entre 2015 e 2016, tivemos um aumento de 169 ocorrências na cidade. Foram 401 casos em 2016, contra 232 em 2015.

MEDO VIROU ROTINA

Os cidadãos da cidade se sentem inseguros, cada dia mais. Rotina de assaltos tem aumentado drasticamente, segundo números do ISP. Em relação a 2015, aumento foi de 76% em 2016.

De acordo com levantamento relativo a dezembro de 2016, divulgado pelo ISP – Instituto de Segurança Pública, órgão da Secretaria de Segurança Pública, o número de roubos a transeuntes em Niterói teve um aumento 72% em relação ao mesmo período do ano anterior.

No caso de roubos a veículos, o aumento foi de 18%, comparando os casos ocorridos em dezembro de 2015 e em dezembro de 2016. O número de registros saltou de 118 até 140 casos.

NEM MAIS NEM MENOS

Índices considerados importantes como homicídios, assaltos a comércios, assaltos a coletivos e roubos de celulares, não tiveram variações significativas, nem pra mais nem pra menos.

Em São Gonçalo, o aumento no número de roubos a transeuntes foi de 25%, ou 159 casos. Os roubos de veículos diminuiu no período, passando de 392 para 290, representando queda de 26%.
No estado do Rio de Janeiro, foram 461 vítimas de homicídio doloso (quando há intenção de matar) indicando um aumento de 79 vítimas, ou de 20,7%, em relação ao mesmo período de 2015. O número de vítimas se manteve o mesmo quando comparado ao mês de novembro de 2016.

Em todo o ano de 2016, foram registradas 5.033 vítimas, um aumento de 833 mortes, ou 19,8% a mais, em relação a 2015. A taxa de homicídio doloso no estado em 2016 ficou em 29,9 vítimas por 100 mil habitantes.
Grande parte do aumento dos homicídios em 2016, quando comparado com o ano de 2015, foi registrada em municípios da Baixada Fluminense e da Região Norte do estado (incluindo a Região dos Lagos).