O Museu Janete Costa de Arte Popular vai abrir, no dia 23 de maio, quarta, às 19h, duas novas exposições: "Sim, aceito" e "Nosso trajeto, nossos caminhos" - Guia de Niterói
Categorias

EXPOSIÇÕES O Museu Janete Costa de Arte Popular vai abrir, no dia 23 de maio, quarta, às 19h, duas novas exposições: “Sim, aceito” e “Nosso trajeto, nossos caminhos”

O Museu Janete Costa de Arte Popular abre, no dia 23 de maio, às 19h, duas exposições “Nosso Trajeto, Nossos Caminhos” – uma retrospectiva das mostras de arte popular que passaram pelo museu, com curadoria de Wallace de Deus Barbosa – professor da Universidade Federal Fluminense – UFF  e “Sim, aceito”, com curadoria de Jorge Mendes e com obras que traduzem o amor em sua diversidade.

Sobre “Nosso Trajeto, Nossos Caminhos”

Com esculturas que passeiam entre madeira, argila, papel marchê, entre outros materiais e técnicas diversas, a exposição – de longa duração – reúne trabalhos que encantaram o público, de artistas como: Adalton Fernandes, Dim Brinquedim, Fábio Francino, Jorge Brito, Manoel Eudócio, Mestre Vitalino, Nicola, Valéria Cavalcanti, entre outros, cujas obras fazem parte, hoje, do acervo permanente do Museu.

Todas as peças – cerca de 100 – constantes em “Nosso Trajeto, Nossos Caminhos” foram adquiridas, por meio de doação de artistas e colecionadores, e ocupam todo o segundo andar do museu.

Na ocasião, será aberta também a exposição “Sim, aceito”, com 56 peças, de 35 artistas, que revela a cerâmica do Vale do Jequitinhonha (MG).

Sobre “Sim, aceito”:

O conjunto de 56 peças, de 35 artistas, revela a cerâmica do Vale do Jequitinhonha (MG), além de esculturas em argila, madeira e papel, mostrando a potência que transforma a escassez de regiões áridas em inúmeras possibilidades da arte popular.

Em um cenário de casamento, a presença de elementos como um portão e um gazebo de ferro ambientam uma cerimônia no jardim. Nesse espaço, obras de diversos artistas como Ulisses Mendes, Sil Capela, Mestre Vitalino, representam cenas de relacionamentos e celebrações utilizando técnicas variadas.

As bonecas noivas de cerâmica compõem uma instalação com elementos, texturas e cores ligadas à realidade e vivência das “noivas da seca”, mulheres como Isabel Mendes, Noemisa Batista, Zezinha, Aparecida e Durvalina que resistem aos longos períodos de estiagem sustentando suas famílias com a produção dessas peças.

Percorrendo a cenografia do espaço expositivo, o público vai poder explorar o imaginário do tema com a representação do casamento na roça e sua riqueza popular, as crendices, as simpatias, além da cultura do interior manifestada nas festas juninas. Esculturas dos santos juninos, especialmente Santo Antônio – o casamenteiro – dividem o espaço com o casal de noivos e a banda de músicos, obras de mestres populares do Nordeste.

Todas as peças da exposição são parte da coleção de Jorge Mendes e Jorge Guedes.
SERVIÇO:

Exposição “Nosso Trajeto, Nossos Caminhos” e “Sim, aceito”

Abertura: 23 de maio de 2018, às 19h

Visitação: de terça a domingo, das 10h às 18h

Local: Museu Janete Costa de Arte Popular

Endereço: Rua Presidente Domiciano, 178, Boa Viagem – Niterói – RJ

Comments ( 1 )

Leave a Comment

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>