CCR Barcas: travessias suspensas no final de semana - Guia de Niterói
Categorias

ÚLTIMAS NOTÍCIAS CCR Barcas: travessias suspensas no final de semana

Devido à greve dos caminhoneiros, que afeta todo o Estado do Rio de Janeiro e causa problemas no abastecimento de combustíveis, a CCR Barcas, concessionária que administra o transporte aquaviário no Rio, comunicou que a travessia da Linha Arariboia – Praça XV – Arariboia será interrompida no sábado (26) e no domingo (27).

Também estão programadas outras mudanças nas grades de horário de funcionamento das barcas. Na sexta-feira (25) e na segunda-feira (28), a linha Charitas – Praça XV não irá realizar as viagens programadas para as 10h30, 11h30, e a linha Praça XV – Charitas não irá realizar as viagens de 11h e 12h.

Na sexta-feira (25) e na segunda (28), a linha Cocotá – Praça XV não irá realizar as viagens de 7h e 9h20, e a linha Praça XV – Cocotá não itá realizar as viagens de 17h30 e 19h50.

Na linha Paquetá, haverá mudanças nos horários dos dias 25, 26, 27 e 28, confira:

Dias úteis (25 e 28) 

Paquetá – Praça XV: 6h30, 9h30, 11h30, 14h30, 18h30, 19h30, 23h30

Praça XV – Paquetá: 5h30, 6h30, 10h30, 1330, 17h30, 18h30, 22h15, 0h

Fim de semana (26 e 27)

Paquetá-Praça XV: 6h, 8h30, 11h30, 16h, 19h, 22h

Praça XV-Paquetá: 4h30, 7h, 10h, 13h, 16h, 19h, 21h

Manifestações e desabastecimento

Na BR-101, há trechos com manifestantes em Itaboraí, na altura dos kms 296 e 297, próximo ao trevo de Manilha. Na BR-493, que liga Itaboraí a Magé, também há manifestações.

O problema afeta também a operação dos ônibus. Um levantamento da Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Rio (Fetranspor), por exemplo, calculou que 40% da frota de ônibus não circularam na manhã de ontem por indisponibilidade de combustível. A previsão é que hoje até 70% dos ônibus fiquem na garagem.

Os produtos comercializados nas Centrais de Abastecimento do Estado do Rio de Janeiro (Ceasa), principal centro de distribuição de hortifrutigranjeiros no estado, tiveram uma grande alta de preços. A batata-inglesa foi o produto com o maior aumento, assim como a batata-doce, cenoura e morango. Nessa quarta-feira, por exemplo, o preço da batata-inglesa lisa (saco de 50 Kg), que custava na média de R$ 74 na semana passada, aumentou para R$ 350 – alta de 373%. Já a batata-inglesa comum (Saco 50 Kg) passou de R$ 64 para R$ 300 (variação de 369%).

Compartilhe

Comments ( 1 )

Leave a Comment

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>